A Bee acorda várias vezes durante a noite e isso não me incomoda

Tal como muitas de vocês (tenho a certeza) durante a gravidez comecei a seguir muitas mães, entre elas a Catarina Beato. Na altura, mãe de dois, grávida de uma. Se ainda não a seguem, deviam, é um dos meus instagrams e blogs favoritos.

Enfim, a Bee nasceu 4 meses depois da Maria Luíza e na altura ela falava muito de sono e mencionava várias vezes que não se importava que a filha acordasse tantas vezes durante a noite.

Ora eu, recém mamã, solteira, amante da minha cama e à beira de um colapso nervoso, achei logo que a senhora tava tontinha das ideias e que eu jamais aguentaria tanto tempo a acordar 3 e 4 vezes durante a noite.

Pois, a verdade é que a Bee neste momento tem 8 meses, acorda ainda mais vezes do que acordava na altura e eu estou-me verdadeiramente a borrifar.

Sei que o facto de dar de mamar me salva. Se fossem biberões, provavelmente já estaria internada.

Há uma série de coisas que farei diferente quando voltar a ser mãe, e uma delas é dormir com o meu bebe desde o primeiro dia.

Sim, foi isso que me salvou aos 5 meses quando o cansaço já ia nos extremos.

Isso e o facto de aceitar. Ser mais Catarina Beato. A minha filha é assim e pronto. Os bebés são assim. Eu aceito-a assim.
Pode não parecer mas ajuda e muito!
Aceitar que os bebés acordam, que eles estão só a ser bebés. Que é natural e que não o podemos mudar. Ao invés de passarmos o dia preocupadas com a noite “será que esta noite vai ser melhor”, “quando vai melhorar?”, “o que será que posso fazer?”.

Hoje uno-me à Catarina e digo-vos, não me incomoda que a beni acorde 50 vezes durante a noite.

E vocês? Como lidam com os acordares nocturnos?
Partilhem comigo através do

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *